Sistema prisional

Ministério renova permanência de agentes federais nos presídios do RN

Uma portaria publicada pelo Ministério Extraordinário da Segurança Pública na edição desta sexta-feira (13) do Diário Oficial da União prorroga por mais 30 dias a permanência da Força-Tarefa de Intervenção Penitenciária (FTIP) no Rio Grande do Norte. Com isso, os agentes devem permanecer pelo menos até o fim da primeira quinzena de agosto atuando no sistema prisional potiguar.

A Força-Tarefa atua no Rio Grande do Norte desde janeiro de 2017, por meio de solicitação feita pelo Governo do Estado. Os agentes federais chegaram logo após o confronto entre facções rivais ocorrido dentro da Penitenciária Estadual de Alcaçuz, em Nísia Floresta, que matou pelo menos 26 detentos.

Os agentes atuam em atividades e serviços de guarda e vigilância e custódia de presos. A Força-Tarefa ainda auxiliou os agentes penitenciários potiguares a restabelecer o controle de Alcaçuz e fez varredura interna em busca de armas, drogas e telefones celulares no maior presídio do estado.

A última prorrogação da permanência do efetivo no Rio Grande do Norte havia sido feito em abril, por intermédio do Ministério da Justiça. O número de agentes que atuam no estado não é divulgado.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com