Notícias

Justiça decreta prisão de suspeito de envolvimento no caso Marielle Franco

A 4ª Vara Criminal do Rio de Janeiro decretou a prisão preventiva de Orlando Oliveira de Araújo, conhecido como Orlando Curicica, suspeito de envolvimento com os assassinatos da vereadora Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes, em março deste ano. A prisão decretada pela Justiça, no entanto, não tem relação com o caso Marielle. O motivo é um homicídio ocorrido em 2015.

Curicica já está preso desde outubro de 2017 e, em junho deste ano, depois de ser apontado como suspeito do assassinato de Marielle, foi transferido para o presídio federal de Mossoró. Ele nega envolvimento no crime.

O alvo da denúncia contra Curicica desta vez foi o assassinato de Rafael Freitas Pacheco, além da tentativa de homicídio de Raquel Ferreira da Costa, ocorridos em novembro de 2015, em Jacarepaguá, na zona oeste do Rio.

Além de Curicica, tiveram a prisão preventiva decretada nesse processo William da Silva Sant’Anna, Guilherme Anderson Olivieira Christensen e Renato Nascimento dos Santos.