A notícia na íntegra | por Gláucia Lima

domingo

29

outubro 2017

0

COMENTÁRIOS

É tetra, é tetra! Hamilton chega em 9º no México e garante o quarto título na F1

Por , em Esporte

LEWIS

Não foi do jeito que ele queria. No sábado, Lewis Hamilton deixou bem claro que gostaria de conquistar o tetracampeonato na Fórmula 1 vencendo o GP do México. Largando na terceira colocação, o inglês partiu para cima do pole Sebastian Vettel, mas acabou tomando um toque do piloto da Ferrari.

Com isso, os dois tiveram que ir ao box, voltando à pista no final do grid. O alemão ainda conseguiu fazer uma prova de recuperação, recebendo a quadriculada em quarto, porém não foi o suficiente para levar a decisão do título ao Brasil. Mesmo em nono, o britânico garantiu o título mundial, visto que encerrou a prova mexicana com 56 pontos de vantagem na liderança do campeonato.

Max Verstappen, que largou em segundo, mostrou a agressividade costumeira para tomar a ponta da corrida logo na primeira curva, após dar um “chega pra lá” em Vettel. Daí em diante foi um verdadeiro passeio do holandês, que abriu larga vantagem para Valtteri Bottas, recebendo a bandeirada com 19s678 de diferença para o finlandês da Mercedes.

Foi a segunda vitória do holandês na temporada, terceira na carreira. Kimi Raikkonen fechou o pódio, seguido do companheiro de equipe Sebastian Vettel (4º), Esteban Ocon (5º), Lance Stroll (6º) e Sergio Pérez (7º). Kevin Magnussen (8º), Lewis Hamilton (9º) e Fernando Alonso (10º) fecharam o Top 10. Felipe Massa terminou em 11º com a Williams.

Lewis Hamilton, de 32 anos, entrou de vez para o grupo de grandes piloto da Fórmula 1 neste domingo (29), quando conquistou com duas corridas de antecipação o título da temporada 2017 da categoria e o quarto dele na carreira. Com o triunfo, o britânico superou o ídolo Ayrton Senna (1988, 1990 e 1991), e se igualou ao ex-piloto francês Alain Prost (1985, 1986, 1989 e 1993) e ao atual rival Sebastian Vettel (2010, 2011, 2012, 2013).

Michael Schumacher é o maior vencedor de todos os tempos. O alemão foi campeão sete vezes (1994, 1995, 2000, 2001, 2002, 2003, 2004). Na segunda colocação do ranking de maiores campeões está o argentino Juan Manuel Fangio, pentacampeão mundial (1951, 1954, 1955, 1956, 1957).

 

Deixe seu recado através do Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *