Policial

Paulo Maluf chega a SP para cumprir prisão domiciliar após deixar hospital no DF

2t5x4dw5vzx8byjvdl64kog2e

O deputado afastado Paulo Maluf (PP-SP) deixou na sexta-feira (30) o Hospital Ortopédico e Medicina Especializada (Home), em Brasília, e seguiu para São Paulo, onde, cumprirá prisão domiciliar. Maluf estava internado desde quarta-feira (28) , devido a dores lombares e infecção no pulmão.

Segundo a assessoria de imprensa do hospital, o deputado deixou o local às 11h40. O boletim médico diz que o político, de 86 anos, apresentou “melhora significativa do quadro álgico lombar irradiado”. O boletim explica ainda que, após exames, foi constatada uma infecção no pulmão esquerdo e que Paulo Maluf está sendo tratado com antibiótico.

O hospital acrescenta que o deputado “tem indicação de continuidade do tratamento e realização de novos exames” e que “optou por fazê-lo na cidade onde reside”. O médico particular da família acompanha Maluf na viagem.

Prisão domiciliar

Na última quarta-feira (28), o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Dias Toffoli concedeu uma liminar para que Maluf cumpra prisão em regime domiciliar . Na decisão, o magistrado ressaltou que a decisão ainda deve ser analisada pelo plenário da Corte.

Na decisão, o ministro entendeu que exames protocolados pelos advogados do deputado mostram que Maluf passa por graves problemas de saúde e não pode continuar na prisão.