Mundo

Polícia confirma que ataque em Nova York foi atentado terrorista

polícia EUA

Em pronunciamento oficial o prefeito de Nova York, Bill de Blasio e o comissário James P. O’Neill, da polícia de NY, confirmaram que o atropelamento e o ataque que deixou ao menos 8 mortos e 11 feridos, em uma ciclovia na rua West, foi um “covarde ato terrorista”. De acordo com O’Neill, o suposto terrorista tem 29 anos, foi baleado na barriga e levado ao hospital. No entanto, a identidade será preservada por motivos de segurança.

Enquanto saía do carro, o autor dos disparos ainda teria declarado em árabe que”Deus é grande”. Segundo o governador Andrew Cuomo, ainda não há informações sobre um plano ainda maior.

Por meio de seu Twitter, o presidente Donald Trump disse que “Em NYC, aconteceu outro ataque por uma pessoa doente e desequilibrada. Não nos EUA!”.

Já Cuomo exaltou o trabalho das equipes de emergência e afirmou que “o terror não vai mudar Nova York. Vamos seguir juntos e mais fortes”.

Apesar do atentado, o prefeito Bill de Blasio e o governador Andrew Cuomo pedem que a população siga suas atividades e não ceda ao medo. Um desfile em comemoração ao Halloween, no West Village, nas proximidades do atentado, programado para esta noite foi mantido.