A notícia na íntegra | por Gláucia Lima

quarta-feira

22

março 2017

0

COMENTÁRIOS

PF diz que irregularidades identificadas na Operação Carne Fraca são pontuais

Por , em Brasil

Após deflagrar a Operação Carne Fraca, na última sexta-feira (17), que bloqueou R$ 1 bilhão de empresas suspeitas de “maquiar” carnes vencidas e as reembalarem para venda, a Polícia Federal reconheceu hoje (21) que as investigações tratam de desvios praticados por “alguns servidores”. De acordo com a corporação, a apuração das irregularidades “não representam um mau funcionamento generalizado do sistema de integridade sanitária brasileiro”.

As declarações foram divulgadas nesta noite pela PF e pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), após encontro do secretário-executivo da pasta, Eumar Roberto Novacki, com o diretor-geral da corporação, Leandro Daiello. O foco da operação, segundo os órgãos, é a eventual prática de crimes de corrupção por agendes públicos.

“O sistema de inspeção federal brasileiro já foi auditado por vários países que atestaram sua qualidade. O SIF [Serviço de Inspeção Federal] garante produtos de qualidade ao consumidor brasileiro”, afirmaram a PF e o ministério em nota conjunta.

Ao dar detalhes das investigações, na última sexta-feira, a PF informou que essa é, em números, a maior operação já realizada no país. Cerca de 1.100 agentes federais cumpriram 309 mandados judiciais em sete estados, para buscas e prisões temporárias de suspeitos de fazer parte do esquema. Segundo a investigação, frigoríficos envolvidos “maquiavam” carnes vencidas com ácido ascórbico e subornavam fiscais federais para que eles autorizassem a comercialização de produtos já impróprios para consumo.

terça-feira

21

março 2017

0

COMENTÁRIOS

Investigada na Carne Fraca abasteceu campanhas de deputado, senador e governador no RN

Por , em RN

De acordo com os dados oficiais das prestações de contas divulgados pela Justiça Eleitoral, candidatos de todos os cargos em disputa – de deputado estadual a governador – receberam recursos da empresa, acusada de pagar propinas a fiscais agropecuários do Ministério da Agricultura para que pudessem vender produtos adulterados com produtos químicos e carnes vencidas.

Entre os parlamentares potiguares, a maior beneficiada com os recursos da JBS foi a senadora Fátima Bezerra (PT). Candidata em 2014, a petista recebeu doações da ordem de R$ 1,165 milhão. Os repasses aconteceram por meio de três depósitos: R$ 500 mil provindos do Diretório Estadual do partido e outros dois créditos de R$ 475 mil e R$ 190 mil, oriundos do Diretório Nacional do PT.

Além dos recursos da JBS, Fátima recebeu doações de outros três frigoríficos: R$ 80 mil da Marfrig Frigoríficos Com Alimentos SA, R$ 50 mil da MFB Marfrig Frigoríficos Brasil SA e dois depósitos de R$ 70 mil cada da Pampeano Alimentos SA. Essas últimas empresas não são alvos da Carne Fraca, entretanto.

A principal adversária de Fátima na campanha para o Senado em 2014, Wilma de Faria (PTdoB, então no PSB), não recebeu recursos de nenhuma das empresas investigadas na Carne Fraca.

GOVERNO
Os dois principais candidatos a governador também receberam doações oficiais da JBS S/A na campanha de 2014. Tanto Robinson Faria (PSD), que venceu a eleição, quanto Henrique Alves (PMDB) tiveram suas campanhas abastecidas com dinheiro da empresa.

Robinson, que ganhou o pleito no segundo turno, recebeu R$ 6,5 milhões da JBS. Os recursos foram oriundos de diversas fontes: R$ 1 milhão veio do Diretório Nacional do PSD, R$ 4,4 milhões vieram do Diretório Estadual do partido (divididos em quatro doações) e houve outro depósito efetuado diretamente na conta de campanha do então candidato a governador no valor de R$ 1,1 milhão.

A JBS também doou para o candidato adversário, Henrique. O peemedebista recebeu menos recursos que o vitorioso, porém. Foram três depósitos oriundos do Diretório Estadual do PMDB, nos respectivos valores de R$ 2 milhões, R$ 500 mil e R$ 250 mil. Os três totalizaram uma doação de R$ 2,75 milhões do frigorífico.

DEPUTADOS FEDERAIS
Entre os deputados federais que concorreram em 2014, metade foi beneficiada com recursos da JBS. Segundo dados oficias da Justiça Eleitoral, quem mais recebeu dinheiro da JBS foi Fábio Faria (PSD). No caso dele, a verba totalizou R$ 1,1 milhão – doada por meio de três depósitos: um no valor de R$ 500 mil e dois de R$ 300 mil. Todos os recursos são oriundos de contribuições via Diretório Estadual da legenda.

Em segundo lugar entre os que mais arrecadaram dinheiro oficial da JBS, está Beto Rosado (PP). Ele recebeu R$ 400 mil via Diretório Nacional da legenda, por meio de três depósitos: um no valor de R$ 200 mil e dois no valor de R$ 100 mil.

Além deles, Felipe Maia (DEM) recebeu R$ 85 mil da JBS, sendo depósitos de R$ 80 mil do Diretório Nacional e R$ 5 mil do Diretório Estadual, e Antônio Jácome (PTN) obteve a contribuição de R$ 70 mil, em depósito único oriundo do Diretório Estadual.

Os deputados Rafael Motta (PSB), Rogério Marinho (PSDB), Walter Alves (PMDB) e Zenaide Maia (PR) não receberam doações oficiais de nenhuma das empresas investigadas na Operação Carne Fraca em suas campanhas de 2014.

DEPUTADOS ESTADUAIS
As campanhas para deputado estadual de 6 dos 24 parlamentares da Assembleia Legislativa também foram abastecidas com recursos da JBS. Confira abaixo a relação de todos os beneficiados, obedecendo a ordem de maiores doações. Nestes casos, todas as doações ocorreram via Diretório Estadual dos respectivos partidos.

Larissa Rosado (PSB): R$ 200 mil
José Adécio (DEM): 130 mil (depósitos de R$ 100 mil e R$ 30 mil)
Kelps Lima (SD): R$ 100 mil
Nélter Queiroz (PMDB): R$ 100 mil
Souza Neto (PHS): R$ 50 mil
Jacó Jácome (PSD): R$ 30 mil

Os dados completos com todas as doações, incluindo formas de pagamento e data do envio dos recursos, estão disponíveis no site do Tribunal Superior Eleitoral.

AgoraRN

terça-feira

21

março 2017

0

COMENTÁRIOS

Ministério suspende exportação de 21 frigoríficos investigados na Carne Fraca

Por , em Brasil

1069938-1 - 20-03-2017_pzzb4037

O ministro da Agricultura, Blairo Maggi, disse hoje (20) que seria um “desastre” a restrição à carne brasileira pelo mercado internacional. Até o momento, a União Europeia, a Coreia do Sul, a China e o Chile oficializaram a suspensão das importações do produto brasileiro. Os países aguardam esclarecimentos do governo brasileiro sobre a Operação Carne Fraca, deflagrada sexta-feira (17) pela Polícia Federal.

“[A restrição seria] um desastre. Com toda certeza, um desastre, porque a China é um grande importador nosso. A Comunidade Europeia, além de ser o nosso segundo ponto de importação, é também o nosso cartão de visitas”, ressaltou o ministro, em entrevista à imprensa.

Segundo a denúncia da Polícia Federal, o esquema criminoso envolve empresários do agronegócio e fiscais agropecuários que facilitavam a emissão de certificados sanitários para alimentos inadequados para o consumo.

“Quem vende para Europa vende para muitos países que, muitas vezes, nem pedem fiscalização nossa, pois sabem que temos um sistema bom. Eu torço, eu rezo, eu penso, eu trabalho para que isso não venha a acontecer”, disse Maggi.

O ministro anunciou a suspensão da licença de exportação de 21 plantas de frigoríficos sob investigação na operação, mas afirmou que continuará a permitir a venda dos produtos no mercado interno. Maggi destacou que as medidas dentro do país são mais brandas porque há controle rígido dos procedimentos, com base na legislação, que protege o consumidor brasileiro. “No mercado interno, temos mais controle.”

Segundo o ministro, a preocupação com o mercado externo se deve à dificuldade de reabertura caso haja alguma medida mais rígida. “Uma vez que haja o fechamento de um mercado desses, para reabrir, serão muitos anos de trabalho. A nossa preocupação neste momento é não deixar sem resposta todos os pedidos de informação que o mercado internacional está nos pedindo”, disse Maggi. O ministro lembrou ainda que o mal da vaca louca provocou o fechamento do mercado durante três anos.

terça-feira

21

março 2017

0

COMENTÁRIOS

Estudo mostra que 40% das crianças de 0 a 14 anos no Brasil vivem na pobreza

Por , em Brasil

Cerca de 17 milhões de crianças até 14 anos – o que equivale a 40,2% da população brasileira nessa faixa etária – vivem em domicílios de baixa renda. No Norte e no Nordestes, regiões que apresentam as piores situações, mais da metade das crianças [60,6% e 54%, respectivamente] vivem com renda domiciliar per capita mensal igual ou inferior a meio salário mínimo. Desse total, 5,8 milhões vivem em situação de extrema pobreza, caracterizada quando a renda per capita é inferior a 25% do salário mínimo.

Os dados fazem parte do relatório Cenário da Infância e Adolescência no Brasil, documento que faz um panorama da situação infantil no país , divulgado pela Fundação Abrinq. O estudo foi feito utilizando dados de fontes públicas, entre elas o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Nesta quarta edição, a publicação reúne 23 indicadores sociais, divididos em temas como trabalho infantil, saneamento básico, mortalidade e educação. A publicação também apresenta uma série de propostas referentes às crianças e que estão em tramitação no Congresso Nacional.

“Nesta edição, além de retratar a situação das crianças no Brasil, também apresentamos a Pauta Prioritária da Infância e Adolescência no Congresso Nacional. O conteúdo revela as principais proposições legislativas em trâmite no Senado e na Câmara dos Deputados, com os respectivos posicionamentos da Fundação Abrinq baseados na efetivação e proteção de direitos da criança e do adolescente no Brasil”, disse Heloisa Oliveira, administradora executiva da Fundação Abrinq.

domingo

19

março 2017

0

COMENTÁRIOS

Bruna Marquezine pede a Globo licença de um anos para estudar na Europa

Por , em Televisão

Bruna

Emendando um trabalho no outro desde que apareceu na TV pela primeira vez, em 2002, no “Gente inocente”, Bruna Marquezine pediu uma licença na Globo para descansar a imagem e estudar fora do Brasil. A princípio, a direção da emissora acatou o pedido da atriz e ela não volta ao ar durante todo esse ano.

Por esse motivo, a escalação de Bruna para “Amor e morte”, novela das seis que vai ao ar depois de “Novo mundo”, ainda não está definida. O papel principal foi oferecido à atriz, mas ela tem carta branca para decidir o que fazer, já que nunca recusou trabalho e é considerada uma funcionária padrão.

Fonte: G1 – Rio

domingo

19

março 2017

0

COMENTÁRIOS

Dinheiro recuperado pela Lava Jato no Rio será usado para pagar aposentados

Por , em Brasil

A 7a Vara Federal Criminal do Rio de Janeiro autorizou o uso de R$ 250 milhões recuperados pela Operação Lava Jato no Rio para o pagamento de 140 mil servidores inativos do estado que recebem até R$ 3.200. O dinheiro faz parte de um montante de cerca de R$ 320 milhões que foram recuperados durante a investigação de um esquema de corrupção envolvendo o ex-governador do Rio, Sérgio Cabral.

De acordo com o procurador da República Jessé Ambrósio dos Santos Júnior, que integra a força-tarefa da Lava Jato no Rio, o uso do dinheiro para o pagamento dos aposentados foi negociado com o governo fluminense. O anúncio sobre quando o dinheiro estará disponível será feito ao longo desta semana.“A gente falou que devolveria o dinheiro do estado, desde que ele fosse atrelado ao pagamento de servidores”, disse o procurador.

domingo

19

março 2017

0

COMENTÁRIOS

Enem: Inep divulga notas dos treineiros nesta segunda-feira

Por , em Brasil

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) divulga nesta madrugada as notas dos treineiros – candidatos que ainda não concluíram o ensino médio – no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Os resultados estarão disponíveis, segundo a autarquia, à 0h de segunda-feira (20) na Página do Participante.

As notas do Enem dos demais candidatos foram divulgadas no dia 18 de janeiro. Os treineiros, no entanto, têm o resultado divulgado depois para que não possam participar dos processos seletivos para vagas no ensino superior público, como Sistema de Seleção Unificada (Sisu), e bolsas em instituições privadas, pelo Programa Universidade para Todos (ProUni). As vagas no ensino superior são voltadas apenas àqueles que concluíram o ensino médio.

Na edição do ano passado, foram 1.344.060 treineiros inscritos, o que representa 16% dos mais de 6,1 milhões de candidatos fizeram o Enem.

domingo

19

março 2017

0

COMENTÁRIOS

Prefeitura de Caicó abre processo seletivo para a secretaria do Trabalho, Habitação e Assistência Social

Por , em Concursos

A Prefeitura de Caicó abre nesta segunda-feira (20) inscrições de processo seletivo para preenchimento de cargos no serviço público municipal, através do edital 02/2017. As vagas são para a secretaria municipal do Trabalho, Habitação e Assistência Social, com o prazo de inscrição encerrando no dia 24 de março de 2017. O horário de atendimento será das 7h às 13h.

A taxa para participação na seleção é no valor de 50 reais para os cargos de nível superior, e 30 reais para os demais cargos. Os comprovantes devem ser apresentados no ato da inscrição, a ser realizada no Centro Administrativo.

A primeira etapa da seleção será uma análise curricular, baseada nos documentos e informações prestados no ato da inscrição. Os aprovados nesta etapa serão encaminhados para entrevista, que acontecerá entre os dias 30 de março de 2017 e 4 de abril de 2017.

Os cargos são em carga horária de 20h às 40h semanais, por remuneração que varia de R$ 802,00 a R$ 1.605,27. As vagas estão abaixo discriminadas por nível de escolaridade:

Nível Fundamental: Auxiliar de Serviços Gerais – Zona Urbana (2), Cozinheiro (2), Vigia e Motorista.

Nível Médio: Orientador Sócioeducacional (4), Entrevistador/ Digitador do CadÚnico/ Bolsa Família (2), e Oficineiro de: Artes Manuais (1), Teatro e Artes Cênicas, Flauta Doce (1) e Recreação e Lazer (1).

Nível Superior: Assistente Social (1), Psicólogo (1), Pedagogo (1) e Arquiteto.

As contratações decorrentes deste processo seletivo terão duração de um ano, podendo ser prorrogadas por igual período. O edital está disponível no site da Prefeitura Municipal de Caicó, através do link http://caico.rn.gov.br/post.php?codigo=3253.

sexta-feira

17

março 2017

0

COMENTÁRIOS

Deputados têm até hoje para apresentar emendas à reforma da Previdência

Por , em Geral

Termina hoje (17) o prazo para que os deputados apresentem emendas à comissão especial que analisa a proposta de reforma da Previdência. O prazo, que havia terminado na última terça-feira (14), foi prorrogado até esta sexta (17), às 18h30, pelo presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ).

Maia reabriu o prazo depois de sucessivos pedidos de deputados que não conseguiram as 171 assinaturas de apoio às suas emendas.

As propostas visam a alterar pontos específicos, suprimir ou modificar a totalidade da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 287/16, que trata do sistema previdenciário. Até o início da noite de ontem (16) foram apresentadas 151 emendas.

O texto da reforma da Previdência fixa, entre outros pontos, a idade mínima de 65 anos para a aposentadoria de homens e mulheres, com contribuição mínima de 25 anos, e estabelece regras de transição para o novo regime. Elas valerão para homens com idade acima de 50 anos e mulheres com mais de 45. Nesses casos, haverá um pedágio entre 40% e 50%, ou seja, terão de trabalhar por um período adicional para requerer o benefício pelas normas atuais.

A maior parte das emendas tenta assegurar direitos previstos na legislação atual e que o texto encaminhado pelo governo pretende mudar. Entre os pontos que mais receberam emendas estão a idade mínima de 65 anos para homens e mulheres se aposentarem, as aposentadorias especiais, como a de professores e pessoas com deficiência, as regras para a concessão do Benefício de Prestação Continuada (BPC), do não acúmulo de aposentadorias e a alteração na idade mínima para a concessão da aposentadoria rural.

O relator da proposta na comissão, deputado Arthur Oliveira Maia (PPS-BA), afirmou que para facilitar o trabalho dividirá as sugestões por assuntos. “E, a partir daí, começaremos a estabelecer uma conversa com a possibilidade de melhorar o texto”, acrescentou.

sexta-feira

17

março 2017

0

COMENTÁRIOS

Lava Jato completa três anos de investigações com 260 acusados criminalmente

Por , em Brasil

Nesta sexta-feira (17), a maior operação de combate à corrupção e à lavagem de dinheiro do país completa três anos. Tudo começou com quatro investigações da Polícia Federal: Dolce Vita, Bidone, Casablanca e Lava Jato. As três primeiras são nomes de filmes clássicos, escolhidos de acordo com o perfil de cada doleiro investigado. A última fazia referência a uma  lavanderia e a um posto de combustíveis em Brasília, que eram usados pelas organizações criminosas. Desde então, já se foram 38 fases da Operação Lava Jato. Nesse período, os investigadores apuraram fatos relacionados a empreiteiras, doleiros, funcionários da Petrobras e políticos.

De acordo com dados do Ministério Público Federal no Paraná atualizados em fevereiro, foram 57 acusações criminais contra 260 pessoas, sendo que em 25 já houve sentença por crimes como lavagem de dinheiro, corrupção, organização criminosa e tráfico transnacional de drogas. Até agora, a Lava Jato conseguiu recuperar R$ 10 bilhões aos cofres públicos, entre valores que já foram devolvidos ou estão em processo de recuperação.

Para o procurador da República Diogo Castor, que faz parte da força-tarefa, a operação começou a mudar a ideia de que crimes do colarinho branco ficam impunes. “A Lava Jato democratizou a Justiça Criminal, demonstrou como deve ser uma Justiça Criminal eficiente, uma coisa que o brasileiro não está acostumado. O povo está acostumado ao setor público ineficiente em todas as esferas, desde o Judiciário, Legislativo, Ministério Público. A Lava Jato é a única coisa que deu certo no sistema de Justiça Criminal no Brasil”, avalia.

quinta-feira

16

março 2017

0

COMENTÁRIOS

Nascidos em maio e junho recebem benefício do PIS a partir de hoje

Por , em Brasil

Os trabalhadores nascidos nos meses de maio e junho, que recebem até dois salários mínimos, poderão sacar o abono salarial do Programa de Integração Social (PIS) a partir de hoje (16). A retirada poderá ser feita nas agências da Caixa Econômica Federal, nos caixas eletrônicos por meio do Cartão do Cidadão, nas casas lotéricas e nos correspondentes bancários.

O banco também pagará os rendimentos das cotas do PIS para os trabalhadores cadastrados no programa antes de 4 de outubro de 1988. Nesse caso, os rendimentos variam conforme o saldo existente na conta do PIS vinculada ao trabalhador.

Quem é correntista da Caixa teve o dinheiro depositado na última terça-feira (14) na conta-corrente. Para saber se tem direito a receber o benefício, de até um salário mínimo, o trabalhador pode consultar o site do banco ou ligar no 0800 726 0207, opção 1.

O abono é pago ao trabalhador com pelo menos cinco anos de cadastro no PIS/Pasep, que recebeu uma média mensal de dois salários mínimos e trabalhou pelo menos 30 dias em 2015. Os dados do trabalhador precisam ter sido informados corretamente pela empresa ao Ministério do Trabalho, na Relação Anual de Informações Sociais (Rais) do ano-base 2015.

Pelas novas regras estabelecidas pelo governo federal, o valor do benefício agora é associado ao número de meses trabalhados no exercício anterior. Quem trabalhou um mês em 2015 receberá um doze avos do salário mínimo. Quem trabalhou dois meses receberá dois doze avos e assim por diante. Só receberá o valor total quem tiver trabalhado todo o ano de 2015.

quinta-feira

16

março 2017

0

COMENTÁRIOS

Quatro aeroportos serão leiloados nesta quinta-feira

Por , em Brasil

Os aeroportos de Porto Alegre, Salvador, Florianópolis e Fortaleza serão concedidos hoje (16) à iniciativa privada, em leilão realizado na BM&FBovespa. Os vencedores serão as empresas ou consórcios que oferecerem o maior valor de outorga.

Um mesmo grupo econômico poderá vencer a disputa por mais de um aeroporto, desde que não estejam na mesma região geográfica, e os concessionários atuais poderão participar da disputa. Os quatro terminais respondem por 11,6% dos passageiros que circulam no país, por 12,6% das cargas e por 8,6% das aeronaves do tráfego aéreo brasileiro.

O governo espera arrecadar pelo menos R$ 3 bilhões em outorgas com a concessão dos aeroportos, e a previsão é de que sejam investidos R$ 6, 613 bilhões nos quatro terminais. Nesta rodada, a Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero) não será sócia dos aeroportos.

Na última segunda-feira (13), o secretário especial do Programa de Parcerias de Investimentos (PPI), Adalberto Santos de Vasconcelos, disse que o governo não trabalha com a hipótese de algum aeroporto não ter interessados. Segundo ele, o governo não espera grandes ágios sobre o valor mínimo inicial do leilão dos quatro aeroportos.

quinta-feira

16

março 2017

0

COMENTÁRIOS

Escola Estadual em Caicó é obrigada a interromper as aulas por causa de precárias condições de estrutura e total descaso do Governo Estadual

Por , em Geral

Sinônimo de aprovação no ENEM, ícone da educação da zona norte de Caicó, nunca teve uma reforma decente, desde sua fundação nos anos 70, e, agora, seus alunos, professores, funcionários e gestores amargam perdas irreparáveis por causa da crise energética que lá se instalou. Por causa da fraca estrutura elétrica, aulas vinham sendo interrompidas, aparelhos eletrônicos e de informática queimando, além da merenda se perdendo com as complicações de funcionamento de um freezer industrial.

Paredes dando choque, fios derretendo e até o quadro de disjuntores estão se desintegrando.Uma representação da escola procurou o ministério publico e vai as ruas hoje chamar atenção da sociedade e tentar sensibilizar o governo do estado para fazer os reparos que a Antonio Aladim precisa.

“Nós estamos parando até que o Estado nos dê um resposta plausível e rápida. Só não podemos permanecer na escola do jeito que ela se encontra”, disse o professor Ronaldo Carlos.

Gláucia, Suerda & Você

terça-feira

14

março 2017

0

COMENTÁRIOS

Estado do Rio investiga suspeita de primeira morte por febre amarela

Por , em Brasil

vacina_contra_febre_amarelaO estado do Rio de Janeiro investiga a primeira morte suspeita de febre amarela. A Secretaria Estadual de Saúde enviou para análise na Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) amostras de sangue de Watila Santos, de 38 anos, morador da área rural de Casimiro de Abreu, na Baixada Litorânea. Ele morreu sábado (11), no hospital municipal da cidade, onde deu entrada com queixas de dor de cabeça, taquicardia, falta de ar, febre e dor no corpo.

A morte ocorreu no mesmo dia em que a secretaria anunciou que pediu ao Ministério da Saúde para incluir o estado na área de recomendação de vacina contra a febre amarela. Até agora, nenhum caso da doença foi registrado no estado, mas a intenção da secretaria é expandir a estratégia de vacinação como medida preventiva, que já vem sendo adotada em 30 municípios localizados nas divisas com os estados de Minas Gerais e do Espírito Santo, onde houve casos confirmados da doença.

Devem ser notificados pelos municípios para investigação os casos de indivíduos residentes ou que tenham retornado em até 15 dias de alguma área com transmissão de febre amarela, que apresentem febre de até sete dias de duração, acompanhada de dois ou mais dos seguintes sintomas: dor de cabeça, dor muscular, dor nas articulações, vômitos, coloração amarelada da pele, olhos e mucosas e manifestações hemorrágicas.

Segundo o subsecretário de Vigilância em Saúde, Alexandre Chieppe, 36 casos foram notificados no estado. Nenhum caso de febre amarela transmitida no estado do Rio foi confirmado até o momento. “Fomos surpreendidos pelo maior surto de febre amarela silvestre da história do país, que começou no final de 2016 e vem se alastrando por 2017. Os surtos no Brasil envolviam de 40 a 80 casos de febre amarela. Estamos com 1.456 casos notificados”, disse Chieppe, durante audiência pública na Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj).

A Secretaria de Saúde estima que toda a população do estado, observadas as contraindicações, seja imunizada até o fim deste ano. Estima-se que serão necessárias cerca de 12 milhões de doses. Para a primeira etapa, já foram solicitadas 3 milhões de doses ao Ministério da Saúde. A previsão é de que a imunização seja intensificada a partir da última semana deste mês.

Com a campanha, todos os municípios do estado passarão a ser atendidos, alcançando 92 cidades. Bebês com menos 9 meses e pessoas com mais de 60 anos não serão vacinados, já que a imunização não é isenta de riscos. “Não é uma vacina simples. É uma vacina de vírus atenuado, e a gente tem maior precaução por causa dos eventos adversos principalmente em alguns grupos específicos”, afirmou Chieppe.

terça-feira

14

março 2017

0

COMENTÁRIOS

Lula diz que não tentou comprar silêncio de Cerveró e que é vítima de massacre

Por , em Lava Jato

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva negou hoje (14) ter pedido ao então senador Delcídio do Amaral (MS) para que atuasse no sentido de impedir que o ex-diretor da Área Internacional da Petrobras Nestor Cerveró firmasse acordo de delação premiada com a força-tarefa da Operação Lava Jato.

Nesta terça-feira, Lula prestou depoimento na 10ª Vara Federal em Brasília, na ação em que é acusado de tentar obstruir as investigações da Lava Jato. O ex-presidente afirmou que está sendo “vítima de um massacre”. “Vocês não sabem o que é acordar todo dia com medo de a imprensa estar na sua porta, achando que você vai ser preso.”

Lula negou conhecer pessoalmente Cerveró e disse não ter interesse no depoimento do ex-diretor da Petrobras. “Só tem um brasileiro que poderia ter medo da delação do Cerveró, que é o Delcídio. Eu não tive nenhuma preocupação com depoimento de nenhum diretor da Petrobras”, disse o ex-presidente ao juiz Ricardo Soares Leite, da 10ª Vara Federal em Brasília.

Perguntado a respeito de reuniões que manteve com o ex-senador na sede do Instituto Lula, em São Paulo, ele afirmou ter tido “muitas reuniões com o Delcídio”.

“Ele era senador da República, líder do governo, houve várias reuniões em Brasília e em São Paulo. Ele esteve no Instituto Lula várias vezes”, contou Lula, que, no entanto, negou que o ex-senador petista tenha comentado sobre Cerveró em tais conversas.

O ex-presidente foi ouvido na ação em que é réu juntamente com o pecuarista José Carlos Bumlai, o banqueiro André Esteves, o ex-senador Delcídio do Amaral e mais três pessoas, todos acusados pelo Ministério Público Federal (MPF) de oferecer dinheiro em troca do silêncio do ex-diretor da Área Internacional da Petrobras Nestor Cerveró, para que ele não firmasse acordo de delação premiada com a força-tarefa da Lava Jato.

A denúncia, a primeira em que Lula se tornou réu na Lava Jato, foi aceita em julho do ano passado. Em seu depoimento, Delcídio disse ter conversado com Lula a respeito da Lava Jato. Questionado pelo juiz, Lula negou que o assunto tenha sido tratado em conversas com o ex-senador.

O depoimento de Lula começou por volta das 10h15 e durou cerca de uma hora. Usando uma gravata com as cores da bandeira do Brasil, Lula entrou na sala de depoimentos acompanhado de seus advogados José Roberto Batochio, Roberto Teixeira, Cristiano Zanin e Sigmaringa Seixas.

Logo no início de sua fala, Lula agradeceu a oportunidade de prestar o depoimento perante “um juiz imparcial” e defendeu o seu governo e o PT, que considera “o mais importante partido político nas Américas”. “Me ofende profundamente que digam que a organização à qual pertenço é uma organização criminosa”, afirmou.

terça-feira

14

março 2017

0

COMENTÁRIOS

Município de Caicó vai administrar Parque de Exposições em parceria com Associação dos Criadores do Seridó

Por , em Geral

Nesta terça-feira (14), em Natal, o prefeito de Caicó, Batata Araújo, mantém contatos administrativos, buscando novas ações e projetos visando o desenvolvimento do município.

“Ao lado do deputado estadual Gustavo Carvalho fomos recebidos pelo secretário estadual de Agricultura, Guilherme Saldanha, onde tratamos assuntos importantes para Caicó. Entre as boas notícias, está o comodato do Parque de Exposições Monsenhor Walfredo Gurgel para a prefeitura e a Associação dos Criadores do Seridó para instalar a Feira do Gado”, disse o prefeito Batata.

Ainda em Natal, o prefeito tratou sobre a chegada de sementes para os agricultores e outros temas de interesse dos caicoenses. Acompanham Batata nessa agenda, o chefe de Gabinete, Eduardo Dantas, e o secretário municipal de Tributação e Finanças, Marcos Airton.

segunda-feira

13

março 2017

0

COMENTÁRIOS

Polícia não encontra sinais de agressão no exame feito pela esposa do cantor Vitor, da dupla Vitor & Leo

Por , em Brasil

98dd93d7d362413bb33f8df2b1911942

A delegada Danúbia Quadros, chefe da Divisão Especializada no Atendimento à Mulher, ao Idoso e à Pessoa com Deficiência (Demid) de Belo Horizonte, confirmou na tarde de ontem que o resultado do laudo de lesão corporal da mulher do cantor Victor Chaves foi negativo. O exame foi realizado no Instituto Médico Legal (IML) da capital mineira.
Poliana Bagatini Chaves, que tem 29 anos e está grávida, prestou queixa contra o marido no dia 24 de fevereiro, dizendo que foi agredida pelo cantor da dupla sertaneja Victor & Leo.

A delegada Danúbia disse que ainda aguarda laudo pericial das imagens do circuito interno do prédio onde a suposta agressão teria ocorrido para concluir o inquérito.
Ontem de manhã, a Polícia Civil chegou a divulgar que a investigação estava concluída, mas a delegada afirmou que tem 30 dias para finalizar o inquérito.

Segundo Danúbia, nenhum vizinho ou funcionário do prédio ou do próprio cantor disse ter presenciado qualquer agressão, mas eles relataram ter ouvido gritos. Ainda de acordo com a delegada, a confusão teria sido motivada por um desentendimento após o cantor ter levado a filha do casal para a casa da mãe dele sem o conhecimento de Poliana. O casal e a mãe do cantor moram no mesmo prédio.

Victor foi intimado a depor na semana passada, mas pediu, por meio do advogado, para reagendar uma nova data. O depoimento, que durou cerca de duas horas, foi realizado no domingo (12).

Todos os envolvidos já prestaram esclarecimentos à polícia, inclusive um segurança. O caso foi distribuído a um juiz, que expediu um mandado para que a polícia tivesse acesso às imagens do circuito de segurança do prédio.

A delegada disse ainda que já viu o vídeo, cuja perícia é aguardada, mas não quis comentar sobre o conteúdo das imagens.

G1

segunda-feira

13

março 2017

0

COMENTÁRIOS

Governo do RN volta atrás e desiste de construir presídios no Seridó

Por , em RN

O governo do Rio Grande do Norte voltou atrás e anunciou, nesta segunda-feira (13), que dois novos presídios serão construídos em Afonso Bezerra. Na sexta-feira (10), a Secretaria de Justiça e Cidadania havia informado que as unidades seriam construídas na cidade de Santana do Seridó, o que fez a população ir para as ruas protestar, no sábado (11).

Em nota, o governo do estado comunica que Afonso Bezerra foi escolhido após a conclusão dos estudos técnicos pela Comissão para Elaboração do Plano Diretor do Sistema Penitenciário, que identificou as condições mais adequadas para receber as unidades. Cada presídio terá 603 vagas.

De acordo com o governdo do RN, entre as condições técnicas reunidas pela área localizada no município para a construção das unidades prisionais, estão as seguintes:

– Dominialidade do imóvel: O terreno selecionado está registrado em nome do Estado, e não consta qualquer questionamento sobre sua propriedade, o que permite a agilidade das licenças para a construção;

– Planimetria: o terreno é plano, o que permite uma visibilidade profunda a partir das guaritas de um presídio, proporcionando boa segurança. Além disso, os custos de terraplanagem se tornam menores nesse tipo de condição geográfica;

– Inexistência de unidades prisionais de grande porte na região Central do Estado: além dos CDP de Macau e Assú, não há unidades prisionais de grande porte naquela região. Isso proporciona a divisão dos ônus das mesorregiões no apoio ao Estado no esforço para conter a crise prisional;

– Boa condição de acessibilidade: a existência de estradas de acesso permite a logística de apoio em transporte de pessoal e material;

– Distância dos Grandes Centros urbanos: os terrenos situam-se a uma distância mediana dos grandes centros Natal e Mossoró que permite uma resposta rápida das tropas policiais sediadas em Natal no caso de uma crise; mas, ao mesmo tempo, não sobrecarrega os sistemas de segurança da capital;

– Acesso à rede elétrica e hidráulica: o acesso à energia elétrica e água é facilitado pela proximidade de rede de alta tensão e de adutoras;

– Inexistência de aglomerados urbanos no entorno do imóvel: não existe povoados nem aglomerados populacionais próximos do local do imóvel, o que favorece a segurança do presídio.

Afonso Bezerra fica na região Central do estado, a 183 km de Natal. “Além disso, é preciso destacar que o Departamento Penitenciário Nacional (Depen) recomenda que os presídios sejam construídos em áreas que atendam à demanda prisional considerando a população carcerária existente, e a região Central é a segunda maior demanda, atrás apenas da Grande Natal”, afirma a nota.

Após a definição do local para construção, o governo do RN agora deverá comunicar o Depen e dará início ao processo de contratação da empresa que construirá o presídio por sistema modular. A meta do Governo do Estado é chegar ao segundo semestre de 2018 com 1.800 novas vagas no Sistema Penitenciário.

G1 RN

segunda-feira

13

março 2017

0

COMENTÁRIOS

Prefeito confirma pagamento da primeira parcela de dezembro aos servidores

Por , em Geral

Em seu perfil nas redes sociais, o prefeito de Caicó, Batata Araújo, confirmou que será depositada às 0h desta terça-feira (14) a primeira parcela referente ao pagamento de dezembro de 2016, que havia sido deixado pela gestão anterior.

Um problema relativo ao arredondamento dos valores da folha, que foi dividida em quatro meses, fez com que o pagamento não pudesse ser concretizado no último sábado (11). “Renovamos nosso compromisso com todos os servidores municipais, que trabalham e recebem seus salários”, disse o prefeito em sua mensagem.

segunda-feira

13

março 2017

0

COMENTÁRIOS

EMPARN prevê chuvas na mudança de estação

Por , em Geral

No último fim de semana foram registradas boas chuvas em vários municípios do interior do Rio Grande do Norte. O motivo, de acordo com a Gerência de Meteorologia da Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte (EMPARN), foi a diminuição da pressão atmosférica, a presença da Zona de Convergência Intertropical (ZCIT) e a umidade do ar mais forte. Para os próximos dias, a previsão é de continuidade das pancadas de chuvas, com maior intensidade após a mudança de estação do verão para o outono, a partir do dia 20 de março.

REGISTROS

De sexta-feira (10) até a manhã desta segunda-feira (13) foram registradas chuvas em 91 postos pluviométricos monitorados. Na mesorregião Oeste potiguar, as maiores ocorrências foram em São Rafael, com 146,9 milímetros; Martins, com 98,0mm; Serra do Mel, 84,5mm; Parau, 78,0mm; Viçosa, 61,0mm; Rafael Godeiro, 54,4mm; Messias Targino, 51,0mm; São Francisco do Oeste, 45,4mm e ainda em Ipanguaçu, Rodolfo Fernandes, Grossos, Porto do Mangue, Dr. Severiano, Serrinha dos Pintos, entre outros municípios.

Na mesorregião Central Potiguar, choveu mais forte em Florânia, com 56,8mm; Acari, 41,0mm; São Vicente, 35,0mm; Santana do Matos, 30,5mm; Pedro Avelino, 29,5mm; Angicos, 22mm, Fernando Pedroza, 22mm; Timbaúba dos Batistas, 18mm; Caicó, 15,0mm e ainda em Carnaúba dos Dantas, Cruzeta, São José do Seridó, São João do Sabugi, Jardim de Piranhas e Ouro Branco. Na mesorregião Agreste, choveu mais forte em Bom Jesus, 164,7mm; Monte Alegre, 76,0 mm; Jundiá, 40,0mm e Santo Antonio, 32,6mm. Choveu ainda em Serrinha, Ielmo Marinho, Jandaíra, Lagoa de Pedras, Jaçanã, Tangará, Boa Saúde, entre outros.

No Leste choveu em Baía Formosa, 114,7mm; Montanhas, 67,5mm; Canguaretama, 51,2mm; Parnamirim, 35,5mm; Extremoz, 31,1mm; Natal, 26,6mm e Senador Georgino Avelino, 25,5mm. Choveu ainda em Maxaranguape, São Gonçalo do Amarante e Ceará-Mirim