A notícia na íntegra | por Gláucia Lima

quarta-feira

13

dezembro 2017

0

COMENTÁRIOS

Em Caicó pessoas estão sendo vítimas de quadrilha que aplicam o chamado golpe do carro: veículos estão sendo oferecidos em site de compra e venda de carro com preços muito abaixo do mercado

Por , em Geral

Se você é daqueles que não perdem uma boa vantagem em um negócio, cuidado. Bandidos estão usando nomes e marcas de lojistas de Caicó e região do Seridó para oferecer carros com valores muito abaixo do preço de mercado. O esquema é feito via OLX (site de compra e venda on-line) e outros meios eletrônico.

Os bandidos anunciam um veículo em nome de outros comerciantes ou lojas sem o conhecimento das vítimas. Jogam o preço lá pra baixo e pedem depósito de garantia adiantado. O problema é que este veículo não existe e o suposto vendedor some após ver o dinheiro na conta que, geralmente é de outro estado, difícil de rastrear.

Comerciantes de Caicó já fizeram vários boletins de ocorrência depois de verem seus nomes usados indevidamente. Como também possuem conta na OLX, além de correrem o risco de serem confundidos com os meliantes, os vendedores também são prejudicados porque precisam cancelar as contas on-line. A recomendação é: se o preço do veículo estiver muito baixo desconfie. Procure saber o nome da loja e faça contato, de preferência pessoalmente antes de fechar a compra.

quarta-feira

13

dezembro 2017

0

COMENTÁRIOS

quarta-feira

13

dezembro 2017

0

COMENTÁRIOS

Julgamento que pode determinar participação de Lula nas Eleições de 2018 tem data marcada

Por , em Geral

O julgamento do recurso apresentado pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no processo do triplex em Guarujá será realizado às 8h30 do dia 24 de janeiro de 2018, na sede do Tribunal Regional da 4ª Região (TRF4). A data foi marcada nesta terça-feira (12) pela 8ª Turma da corte, com sede em Porto Alegre. Em nota, a defesa de Lula criticou a “tramitação recorde” do processo.

Em julho, Lula foi condenado pelo juiz Sergio Moro, responsável pela Lava Jato na primeira instância, a 9 anos e seis meses de prisão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro no processo envolvendo o triplex. A acusação foi de ocultação da propriedade do imóvel, recebido como propina da empreiteira OAS em troca de favores na Petrobras.

Outros dois réus no mesmo processo também foram condenados, e quatro, absolvidos.

A Justiça Federal no Paraná também determinou o bloqueio de R$ 16 milhões, estabelecido como dano mínimo, e o sequestro do apartamento. Lula também teve bloqueados mais de R$ 600 mil de contas bancárias e cerca de R$ 9 milhões que estavam depositados em dois planos de previdência privada.  A sentença publicada no dia 12 de julho permite que o petista recorra em liberdade.

(mais…)

quarta-feira

13

dezembro 2017

0

COMENTÁRIOS

Supremo Tribunal Federal aceita denúncia contra o senador Agripino Maia

Por , em Política

A Primeira Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) aceitou nesta terça-feira (12) denúncia contra o senador Agripino Maia (RN), presidente nacional do partido Democratas. Acusado de corrupção e lavagem de dinheiro pela Procuradoria-Geral da República (PGR), ele agora responderá como réu a um processo penal, ao final do qual poderá ser considerado culpado ou inocente.

Segundo a PGR, Agripino teria recebido mais de R$ 654 mil em sua conta pessoal, entre 2012 e 2014, da construtora OAS. A pedido do senador, a empreiteira também teria doado R$ 250 mil ao DEM em troca de favores de Agripino.
A acusação diz que ele teria ajudado a OAS a destravar repasses do BNDES para construir a Arena das Dunas, estádio-sede da Copa do Mundo em Natal.

(mais…)

terça-feira

12

dezembro 2017

0

COMENTÁRIOS

Dom Antônio: “Nem Jesus conseguiu unanimidade”

Por , em Entrevistas

‘Cada vez mais devemos ser construtores de pontes em vez de construirmos muros’

Em entrevista exclusiva, Dom Antônio Carlos conta como está sendo sua experiência com o pastoreio na Diocese de Caicó, fala sobre sua rotina episcopal, o rodízio de padres nas paróquias, as mudanças no Sistema Rural de Comunicação e sobre alguns assuntos que ele se envolveu que tiveram repercussão além do esperado.

Dom Antônio Carlos, Bispo de Caicó. Foto: Dyego Leandro.

Dom Antônio Carlos, Bispo de Caicó. Foto: Dyego Leandro.

Gláucia Lima: Dom Antônio, como está sendo a experiência com o bispado?

Dom Antônio: Iniciei o meu pastoreio aqui na Diocese de Caicó no dia 24 de maio de 2014. Nesses três anos e meio tenho vivido uma experiência desafiadora e bonita. Sou carioca, filho de pais alagoanos, por isso carrego no sangue o DNA do nordeste, mas ao mesmo tempo trago o sangue do Rio. Cada vez mais tenho aprendido a amar este povo com sua cultura. Admiro muito a capacidade de resiliência que o seridoense tem diante de tantas dificuldades, sobretudo da crise hídrica. É muito bonita a religiosidade popular nesta região, principalmente as novenas dos padroeiros.

GL:   É uma tarefa fácil ser bispo aqui na Diocese de Caicó?

DA: A Diocese de Caicó tem um clero que tem um grande senso de eclesialidade, ou seja, de pertença à Igreja, por isso sabe muito bem acolher um bispo que vem de outra região. Nossa diocese tem vários desafios, mas não é uma Diocese problemática. Os desafios são próprios da missão: transformar a religiosidade em espiritualidade, fazer que não haja uma separação entre fé e vida, entre dimensão espiritual e social; ajudar o povo a conviver com a seca; dar uma formação integral aos futuros padres da nossa diocese, ter uma formação permanente para o clero e as religiosas etc.

GL:   Como é a rotina de um bispo?

DA: Ordinariamente temos missas diárias nos seminários, no mosteiro, no abrigo, na Fazenda da Esperança. Diariamente temos reuniões e atendimentos aos fiéis, etc. Constantemente somos convidados a visitar as paróquias para as festas dos padroeiros, para crisma, para encontros e tantos outros motivos. Também temos os compromissos envolvem o nosso regional nordeste 2, que engloba os estados do Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco e Alagoas, totalizando 21 dioceses. A sede do nosso regional se encontra em Recife, por isso, algumas vezes por ano temos naquela cidade reuniões. Sou o bispo referencial para a juventude neste regional e também tenho compromissos decorrentes dessa função. Anualmente temos a assembleia geral ordinária da CNBB, em Aparecida, no estado de S. Paulo.

GL: Desde que assumiu a Diocese, o senhor já promoveu duas vezes mudanças nas paróquias. Por que essas mudanças são necessárias?

DA: Na verdade foram quatro mudanças, sempre no final do ano, desde 2014. Por que acontecem as mudanças?  Vários motivos podem provocar uma transferência. Todo pároco recebe uma provisão por seis anos. No final desses anos ela pode ser renovada ou não. Outros padres são transferidos porque sentem necessidade ou porque são necessários em outras funções. São inúmeros os motivos. As mudanças são boas, pois começar um novo trabalho é sempre um desafio, tanto para o padre como para o povo. Numa época que a nossa Diocese tinha poucos padres, as transferências não aconteciam com frequência, pois tínhamos poucas opções. Hoje, graças a Deus, temos um bom número de padres. A chegada de novos padres também provoca essas mudanças, pois precisamos abrir espaço tanto para os que já estão no ministério como para os que estão chegando. O papa Francisco nos fala de uma Igreja em saída. Esta Igreja em saída exige que os seus ministros também estejam em saída.  Este processo se iniciou no episcopado de Dom Jaime, foi levado adiante por Dom Delson e agora estou dando continuidade.

GL:       Há alguma repercussão interna, no clero, os padres são avisados previamente ou é o senhor quem decide e já orienta a mudança?

DA: Há sempre uma repercussão interna, mas ela é muito mais positiva do que negativa. Primeiramente eu converso com o Vigário Geral e com os vigários episcopais, depois escuto os padres envolvidos e por último conversamos com o conselho presbiteral, que é formado por doze padres.  Normalmente o clero é receptivo, são poucos os casos que acontecem resistências fortes. Acho que isso é expressão da comunhão do nosso clero.

GL:       Houve também mudanças no Sistema Rural de Comunicação. Quem assume? A rádio terá outro perfil na nova administração ou segue a mesma linha?

DA: O Pe. Welson Rodrigues do Nascimento irá assumir a função de diretor do Sistema Rural de Comunicação. Cada diretor tem a liberdade para estabelecer o estilo do seu trabalho. Com certeza o Pe. Welson dará o seu toque, assim como Monsenhor Tércio e Pe. Ivanoff deram o seu. Pe. Welson há anos que tem trabalho com as nossas rádios, inicialmente em Parelhas, e posteriormente, em Currais Novos. Na medida em que ele for entrando na dinâmica do trabalho, com certeza verá mais de perto os desafios.

GL:      E Padre Ivanoff vai mesmo morar em Roma?

DA: O Pe. Ivanoff estava há nove anos nesta função, faltando um ano para acabar o segundo quinquênio, pois a nomeação para esta função tem a duração de cinco anos, podendo ser renováveis. Ele fez 20 anos de ministério ordenado e sentiu a necessidade de dar uma parada para fazer uma reciclagem. Ele irá para a América Central, no primeiro semestre fará um curso para acompanhantes psico-histórico-espirituais na Guatemala. No segundo semestre fará uma experiência missionária numa comunidade rural da Nicarágua.

GL:      2018 é ano eleitoral. O senhor é visto por parte da população como um defensor de posições políticas? Qual deve ser sua postura como pastor da igreja em um momento pré-eleitoral?

DA: Conforme Aristóteles, o homem é um animal político. Entendemos política como a arte e a ciência do bem comum. A partir desses conceitos teremos que admitir que toda pessoa é política. Outra coisa é a política partidária ou a politicagem.  Um pastor não deve fazer política partidária, pois numa comunidade de fé existem fieis com as mais variadas opções. A politicagem, que é a política para beneficiar interesses próprios não deve ser feita por nenhum cristão autêntico.  A Igreja tem uma doutrina social, que foi sendo construída a partir de 1891. Um bispo quando se posiciona na questão social levará sempre em conta a evolução dessa doutrina. A doutrina social da Igreja defende o bem comum, a partir daqueles que são os mais vulneráveis na sociedade, que são os pobres e os excluídos. Esta defesa é um imperativo evangélico, pois foi sempre a postura de Jesus Cristo.

GL:      Qual orientação os padres devem seguir? Eles podem assumir publicamente suas posições políticas?

DA: Este raciocínio que apresentei para a postura do bispo nos momentos de eleições serve também para orientar os padres nas suas posturas nesses momentos de campanhas eleitorais.

GL:   E um padre que, porventura, deseje se candidatar, ele deve se afastar das atividades eclesiásticas?

DA: Há alguns anos que a Igreja no Brasil tem defendido que aqueles padres que vierem a se candidatar deverão ficar afastados das suas funções eclesiásticas, durante a campanha e o mandato, caso sejam eleitos. Isso acontece para que não caiamos na tentação de misturando os discursos, manipularmos o Evangelho.

GL:   Mesmo não sendo ainda confirmado, mas tudo leva a crer que uma religiosa cometeu suicídio em Caicó. Sendo o senhor um baluarte no combate ao suicídio, como sentiu esse acontecimento? A Igreja assiste de que forma os seus servos que passam por momentos assim?

DA: O suicídio no nosso Seridó é um fenômeno tão grave quanto a nossa crise hídrica. Ele não é problema de fé, nem problema moral. É uma questão de saúde. Por ser uma questão de saúde, nenhuma categoria está isenta de passar por esta situação, inclusive nós, homens e mulheres consagrados. Cabe a Igreja, assim como a toda sociedade, estar atenta aos sinais que alguém com ideias suicidas costuma emitir e tentar se antecipar ao ato. A Igreja Católica junto com outras igrejas, com as universidades estamos nos empenhando para que em breve abramos aqui o CVV (Centro de Valorização da Vida), com um plantão de 24h, com pessoas capacitadas que estarão abertas a atenderem as ligações de pessoas que precisam desabafar.

GL:    Recentemente o Rio Grande do Norte ganhou 30 novos Santos. Qual o impacto disso para a Igreja?

DA: Esses santos canonizados pelo papa Francisco no dia 15 de outubro foram 2 padres e 28 leigos que por causa da sua fé foram martirizados pelos holandeses calvinistas, no sec. XVII. Duas lições poderíamos de imediato tirar deste fato: a fé deve ser testemunhada. Martírio significa testemunho. Segundo lição: nunca mais a intolerância, seja ela por qualquer motivo. A intolerância cega, a intolerância mata.

GL:   Dom Antônio, o senhor se envolveu em assuntos que tiveram repercussão acima do esperado. O Senhor se sentiu incompreendido ou vítima de má interpretação por parte dos paroquianos?

DA: Unanimidade é um conceito mais teórico que real. Nem Jesus conseguiu a unanimidade. “Todo ponto de vista é a vista de um ponto”. As divergências muitas vezes aparecem a partir de que ponto estamos enxergando, por isso é normal surgirem divergências. As divergências não podem servir de motivação para gerar intolerância. O que diverge de mim, não necessariamente é meu inimigo. Precisamos crescer na arte de conviver com as divergências, de construir a unidade na diversidade, de constantemente nos perguntarmos mais pelo que nos une do que por aquilo que nos separa. Cada vez precisamos ser construtores de pontes em vez de construirmos muros, como nos lembra tanto o papa Francisco. Nessa perspectiva procuro entender os conflitos que surgem por causa das divergências de opiniões.  Gosto muito de uma citação que o papa Francisco faz de Martin Luther King no nº 118 do Documento Amoris Laetitia: “Isto lembra-me Martin Luther King, quando reafirmava a opção pelo amor fraterno, mesmo nomeio das piores perseguições e humilhações: «A pessoa que mais te odeia, tem algo de bom nela; mesmo a nação que mais odeia, tem algo de bom nela; mesmo a raça que mais odeia, tem algo de bom nela. E, quando chegas ao ponto de fixar o rosto de cada ser humano e, bem no fundo dele, vês o que a religião chama a “imagem de Deus”, começas, não obstante tudo, a amá-lo. Não importa o que faça, lá vês a imagem de Deus. Há um elemento de bondade de que nunca poderás livrar-te. (…) Outra forma de amares o teu inimigo é esta: quando surge a oportunidade de derrotares o teu inimigo, aquele é o momento em que deves decidir não o fazer. (…) Quando te elevas ao nível do amor, da sua grande beleza e poder, a única coisa que procuras derrotar são os sistemas malignos. Às pessoas que caíram na armadilha deste sistema, tu ama-las, mas procuras derrotar o sistema. (…) Ódio por ódio só intensifica a existência do ódio e do mal no universo. Se eu te bato e tu me bates, e eu te devolvo a pancada e tu me devolves a pancada, e assim por diante… obviamente continua-se até ao infinito; simplesmente nunca termina. Nalgum ponto, alguém deve ter um pouco de bom senso, e esta é a pessoa forte. A pessoa forte é aquela que pode quebrar a cadeia do ódio, a cadeia do mal. (…) Alguém deve ter bastante fé e moralidade para a quebrar e injetar dentro da própria estrutura do universo o elemento forte e poderoso do amor».

GL:   Caicó encontra-se numa situação de fragilidade dos serviços, sobretudo, de assistência à saúde. Essas necessidades chegam à igreja de uma forma direta?

DA: Com certeza nos momentos de maiores privações, os pobres normalmente procuram as Igrejas, pois ainda percebem nelas uma possibilidade de socorro. A saúde com certeza é uma das dimensões com mais fragilidades hoje no nosso país, sobretudo, nesse momento que se cortam os gastos com o social e se aumentam os gastos para garantir os votos dos aliados visando aprovar medidas que beneficiam interesses de minorias ou livram políticos de acusações de corrupção. Com certeza isso é um clamor que chega aos céus e Deus com certeza nos questiona pelo sangue derramado de tantos irmãos.

GL:   O que deseja aos leitores e caicoenses para o ano que vai iniciar? 

DA: O ano novo se aproxima. É sempre oportunidade de recomeço. Ele só será novo se formos capazes de reconhecer o que envelheceu na nossa vida e que precisamos deixar para trás, renovando o nosso coração e a nossa mente. Estamos vivendo um momento complexo da história, que para alguns poderá ser visto como o fim da linha, mas para outros será a possibilidade de dizermos: basta, vamos fazer diferente. Depende de nós. Dentro de nós está o ano velho e o novo, dependerá de cada um ver qual será aquele que viverá, ou aquele que vamos alimentar. Para nós cristãos, um mundo novo é possível, desde que seja feito no espírito daquele que faz nova todas as coisas: Jesus Cristo.

Publicada na Revista Collecione.

segunda-feira

11

dezembro 2017

0

COMENTÁRIOS

No Seridó, padre renuncia à batina para viver história de amor com mulher e filho

Por , em Geral

padre-valdir-vandick

Uma situação no mínimo curiosa aconteceu neste final de semana no município de Lagoa Nova, região do Seridó potiguar. Através de nota, o padre da paróquia lagoanovense, Valdir Valdick de Araújo Dantas, renunciou à sua condição de padre para voltar a viver uma “história de amor” ao lado de sua esposa e de seu filho. No texto, o padre disse que sua renúncia, no entanto, não o impede de continuar seguindo à Igreja Católica, a que qualificada como sua “mãe e mestra”.

“Sou Grato ao Senhor da missão que me ungiu para este serviço exercido com muita dedicação e zelo que fiz por quase 23 anos (…) tenho um filho e uma mulher que os amo, e quero recomeçar minha vida junto a eles, sem deixar de ser cristão e amar esta Igreja. Acredito que a família é o santuário da vida, eis o motivo da minha decisão. Havia uma inquietação no meu coração e o que vos peço humildemente é que agora rezem por este servo do Senhor”, justificou.

Confira abaixo a nota do Pe Valdir na íntegra:

Querida comunidade Paroquial de São Francisco de Assis em Lagoa Nova paz e bem.

O zelo por tua casa me consumirá, foi com essa inspiração bíblica que disse sim ao chamado que o senhor fez por vocação sacerdotal. Sou Grato ao Senhor da missão que me ungiu para este serviço exercido com muita dedicação e zelo que fiz por quase 23 anos. Quantas graças recebidas e compartilhadas tudo isso porque Deus é bom e é confiando em sua misericórdia e depois de um longo período de discernimento feito em oração, cheio de angústia e sofrimento mas convicto do sentimento que invade minha alma, que deixo o ministério sacerdotal, para viver uma história de amor em família. Tenho um filho e uma mulher que os amo, e quero recomeçar minha vida junto a eles sem deixar de ser cristão e amar esta igreja que a tenho como mãe e mestra. Acredito que a família é o santuário da ida, eis o motivo da minha decisão, pois havia uma inquietação no meu coração, e o que vos peço humildemente agora é que rezem por esse servo do Senhor que seguirá seu novo estado de vida e que no ano nacional do laicato, sejamos o sal da terra e Luz do Mundo, Cristãos leigos e leigas, sujeitos na igreja em saída a serviço do rei, abraço fraterno em Cristo e Maria.

Lagoa Nova, em 10 de dezembro de 2017
Pe Valdir Valdick de Araújo Dantas

Agora RN

segunda-feira

11

dezembro 2017

0

COMENTÁRIOS

Akayed Ullah, de 27 anos, é identificado como autor do atentado de Nova York

Por , em Mundo

2017-12-11t162750z_178394113_rc152d4966c0_rtrmadp_3_newyork-incident

O suposto responsável pelo atentado terrorista cometido nesta segunda-feira (11) em Nova York foi identificado como Akayed Ullah, de 27 anos, informaram as autoridades da cidade em entrevista coletiva, sem dar detalhes sobre o suspeito, que meios de comunicação locais asseguram ser original de Bangladesh. A informação é da agência EFE.

No atentado quatro pessoas ficaram feridas, mas quem tem as lesões mais graves é justamente o detido. Na entrevista coletiva, estavam o prefeito da cidade, Bill de Blasio, e o governador do estado de Nova York, Andrew Cuomo, e os chefes policiais da cidade. O presidente Donald Trump foi informado sobre o incidente, segundo a secretária de imprensa da Casa Branca, Sarah Sanders, mas ainda não se pronunciou sobre o caso.

De acordo com informações divulagadas por veículos de imprensa, como Associated Press e CNN, o suspeito está consciente e foi levado para um hospital. O rapaz já estaria no país há sete anos com residência no Brooklyn.

De Blasio confirmou logo no início da coletiva que as autoridades estão tratando o incidente como uma tentativa de atentado terrorista. “O indivíduo não teve êxito no seu propósito”, afirmou o prefeito, que garantiu que não há outras ameaças na cidade.

O chefe da polícia de Nova York, James O’Neill, destacou que Ullah detonou a bomba “de propósito”, o que confirma a hipótese do atentado, embora o número de vítimas tenha sido muito reduzido.

Versões extraoficiais indicaram que, no momento da detenção, o suspeito gritou a favor do Estado Islâmico, mas as autoridades não confirmaram essa informação. “Ele fez uma declaração, mas não vamos dizer ainda o que disse”, declarou O’Neill.

O chefe policial acrescentou que a informação ainda é muito preliminar e que estão efetuando as primeiras investigações para conhecer, entre outras coisas, as conexões do suposto autor da explosão e seu país de origem. Segundo as autoridades, Ullah sofreu queimaduras nas mãos e no abdômen. As outras três vítimas sofreram lesões causadas pela detonação, incluindo dores de cabeça e nos ouvidos.

A explosão aconteceu no terminal de ônibus Port Authority, um ponto da cidade que no momento do incidente recebia uma grande afluência de pessoas, devido ao deslocamento de nova-iorquinos para seus locais de trabalho. O artefato explodiu em um túnel que conecta o terminal com as estações do metrô de Times Square.

O serviço de metrô, usado diariamente por seis milhões de pessoas, sofreu alterações devido à explosão, mas pouco a pouco foi voltando ao normnal e duas horas depois apenas duas linhas que cruzam Manhattan de leste a oeste não estavam operando.

* Com informações de Leandra Felipe, da Agência Brasil

segunda-feira

11

dezembro 2017

0

COMENTÁRIOS

Airbus pagará mais de R$ 30 milhões para grupo de familiares de vítimas de acidente com avião da TAM em Congonhas

Por , em Brasil

acidente-nv

A Airbus, fabricante do avião da TAM que explodiu ao sair da pista do Aeroporto de Congonhas, em São Paulo, em 2007, vai pagar uma indenização de mais de R$ 30 milhões a um grupo de familiares das vítimas. No acidente, 199 pessoas morreram. O acordo foi homologado no Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJ-RJ).

A Airbus, fabricante do avião, vai indenizar em mais de R$ 30 milhões um grupo de 33 familiares. De acordo com a associação das famílias, é a primeira vez que a empresa vai pagar uma indenização pela tragédia.

O advogado que representa o grupo conta que só decidiram acionar a empresa porque existiam suspeitas de que o a tragédia aconteceu por conta de um problema mecânico no avião. “A ação foi originalmente movida contra a TAM, que operava a aeronave, e a Airbus, que fabricou a aeronave”, explicou Flávio Galdino, advogado das 33 famílias.

Por mais que o dinheiro não pague a ausência de um familiar, o dinheiro pode ser considerado uma pequena compensação, diz o advogado. “O que acontece com isso é que se atenuam os problemas econômicos que as pessoas sofrem em razão das perdas de seus parentes. É uma pequena compensação para uma perda abrupta e muito dolorosa para as famílias”, explicou o Galdino.

Além do acordo, foram pagos para os parentes um seguro obrigatório poucos anos após a tragédia e uma indenização complementar ordenada no mês retrasado pelo Tribunal Regional Federal em São Paulo.

A Airbus foi procurada, mas afirmou que só vai se posicionar sobre a questão depois de consultar a matriz da empresa, na França. A TAM não faz parte deste processo, mas informou que as famílias de 197 vítimas receberam indenizações.

G1

segunda-feira

11

dezembro 2017

0

COMENTÁRIOS

Tragédia com o voo da TAM completou dez anos em julho sem nenhuma pessoa condenada pelo acidente.

Por , em Brasil

O Ministério Público Federal chegou a acusar três pessoas, mas todas foram inocentadas..
O avião partiu de Porto Alegre e atingiu o prédio da TAM que ficava do outro lado da rua de uma das avenidas mais movimentadas de São Paulo.

No local, atualmente, existe uma praça com 199 pontos luminosos que representam as vítimas e que foi inaugurada há cinco anos. Do total de mortos, 187 estavam na aeronave e 12 estavam no prédio. A construção do espaço foi mais rápida do que o desenrolar do processo de indenização das famílias na justiça.

G1

segunda-feira

11

dezembro 2017

0

COMENTÁRIOS

Assessor do Fluminense e chefe de torcida do Flamengo são presos

Por , em Brasil

O Ministério Público do Rio e a Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática (DRCI) da Polícia Civil detalharam, em entrevista coletiva na manhã desta segunda-feira (11), a operação que resultou na prisão de Artur Mahmoud, assessor da presidência do Fluminense, e do presidente da Raça Fla, Alesson Galvão. Outros cinco foram presos e há dois foragidos.

A Operação Limpidus investiga repasses de ingressos de partidas de futebol para torcidas organizadas — até mesmo para as que estão proibidas de entrar nos estádios. Mahmoud é apontado como braço-direito do presidente, Pedro Abad, que prestou esclarecimentos na delegacia na semana passada.

“A investigação continua, todas as pessoas citadas e chamadas na primeira fase da operação podem ser chamadas, denunciadas ou com a prisão temporária decretada”, explicou o promotor Marcos Kac, do Grupo de Atuação Especializada em Estádios (Gaedest) do Ministério Público.

No total, foram 14 mandados de prisão expedidos – 12 deles cumpridos. Cinco deles já estavam presos e sete foram presos nesta segunda.

Após os presos serem encaminhados para a Central de Garantias, eles foram levados à Polinter para dar entrada no sistema carcerário. A delegada titular da Delegacia de Repressão a Crimes de Informática.

Entre os crimes cometidos, segundo a investigação estão facilitação ao cambismo, cambismo, estelionato. Para a delegacia e o Ministério Público, é clara a participação dos quatro grandes clubes do Rio em esquemas: Flamengo, Fluminense, Botafogo e Vasco.

 “A gente apurou, através de provas, de que há desvio de ingressos por dirigentes de futebol para dirigentes de torcidas organizadas, e que esses ingressos caem nas mãos de cambistas”, explicou a delegada titular da Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática (DRCI). Nenhum dos presos nesta segunda quis prestar depoimento. A delegacia recebeu várias denúncias a respeito do jogo de quarta-feira entre Flamengo e Independiente, na final da Copa Sul-Americana. “Estamos apurando”, limitou-se a dizer Daniela.

Foram presos nesta segunda:

  • Artur Mahmoud, assessor da presidência do Fluminense
  • Filipe Ferreira Dias, gerente de Arenas do Fluminense
  • Alesson Galvão de Souza, presidente da torcida organizada Raça Fla
  • Cláudio Tavares Lima, funcionário do Flamengo
  • Monique Patricio dos Santos Gomes, funcionária da empresa Imply, responsável pela confecção de ingressos do Flamengo
  • Leandro Schilling, funcionário da Imply
  • Vinicius Carvalho, funcionário da Imply

Estão foragidos:

  • Rodrigo Granja dos Santos (Batata)
  • Edmilson José da Silva (Tubarão), segurança do Vasco

O desvio de ingressos de meia entrada para jogos do Campeonato Brasileiro, Libertadores e Copa Sul Americana também será investigado: muitos dos bilhetes apreendidos na primeira fase possuíam o benefício.

“São dois crimes. O primeiro seria facilitação ao cambismo e o segundo seria estelionato, fornecer ingressos de meia entrada a quem não é merecedor desse benefício”, explicou Marcos Kac.P

segunda-feira

11

dezembro 2017

0

COMENTÁRIOS

PF apura se JBS pagou propina de R$ 160 milhões a fiscal da Receita

Por , em Brasil

A Polícia Federal (PF), Ministério Público Federal (MPF) e Receita Federal deflagraram, na manhã desta segunda-feira (11), uma operação para investigar o pagamento de R$ 160 milhões em propinas a um auditor do Fisco, ao longo de 14 anos, para acelerar a liberação de R$ 2 bilhões em créditos tributários à empresa JBS, dos irmãos Wesley e Joesley Batista.

O auditor já foi afastado judicialmente e oito pessoas físicas e jurídicas tiveram os bens bloqueados por suspeita de envolvimento no esquema. A J&F Investimentos, grupo que controla a JBS, disse que não comentaria o trabalho da PF, mas afirmou que os créditos são “recursos legítimos que a companhia teria a receber”.

Ao todo, 14 mandados de busca e apreensão são cumpridos na operação, batizada de Baixo Augusta. Eles têm como alvo residências e empresas em São Paulo, Caraguatatuba, Campos do Jordão, Cotia, Lins e Santana do Parnaíba.

(mais…)

segunda-feira

11

dezembro 2017

0

COMENTÁRIOS

Tentativa de ataque terrorista em NY deixa 4 feridos

Por , em Mundo

passageiros1

Um artefato explosivo foi detonado em uma estação de metrô e ônibus no centro de Manhattan, em Nova York, por volta de 7h30 (no horário local) desta segunda-feira (11). Um suspeito, identificado como Akayed Ullah, de 27 anos, foi detido. Ferido, ele foi levado ao hospital.

O prefeito da cidade, Bill de Blasio, disse que foi uma “tentativa de ataque terrorista” que não deu certo. Os bombeiros informaram que o suspeito tem queimaduras e lacerações, e que outras três pessoas têm ferimentos leves.

A explosão ocorreu na estação que fica no cruzamento da Rua 42 com a 8ª Avenida, por onde passam três linhas de metrô e está também o terminal de ônibus da Port Authority. O governador do estado de Nova York, Andrew Cuomo, informou que o artefato é de “baixa tecnologia” — trata-se de uma bomba caseira que o suspeito tinha amarrada a seu corpo com velcro e zíperes.

Ullah, que agiu sozinho, foi identificado pela imprensa americana como natural de Bangladesh. Segundo a agência Associated Press, policiais disseram que o suspeito teria inspiração nos radicais do Estado Islâmico, mas não tinha contato com o grupo terrorista.

Segundo informações da agência Reuters, ele não tinha histórico criminal e visitou Bangladesh pela última vez em setembro. Segundo o inspetor geral da polícia local, as informações foram emitidas com base no número de passaporte de Ullah.

Por precaução, as linhas A, C e E do metrô tiveram o itinerário alterado, passando a não parar na estação onde ocorreu o incidente. As ruas do entorno foram bloqueadas e o esquadrão antibombas foi acionado. Após algumas horas, os serviços de transporte foram restabelecidos.

Andre Rodriguez, de 62 anos, disse ao “New York Times” que ouviu a explosão pouco antes das 7h30 quando entrava no metrô. “Estava passando pela catraca. Parecia uma explosão, e todos começaram a correr”, contou.

Já Alicja Wlodkowski, de 51 anos, disse que estava em um restaurante dentro do complexo da estação quando de repente viu uma multidão de pessoas correndo. “Uma mulher caiu, e ninguém parou para ajudá-la porque estava uma loucura”, disse. “Então diminuiu. Eu fiquei de pé, observando e com medo”, relatou. O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, foi informado do ocorrido.

sábado

9

dezembro 2017

0

COMENTÁRIOS

Enem para pessoas privadas de liberdade terá 31,7 mil participantes

Por , em Brasil

A partir da próxima terça-feira, mais de 31,7 mil pessoas farão as provas do Exame Nacional do Ensino Médio para Pessoas Privadas de Liberdade (Enem PPL). A avaliação será aplicada, também, na quarta, em mais de mil unidades prisionais de 577 municípios brasileiros.

O Enem PPL é voltado para jovens sob medida socioeducativa que inclua privação de liberdade e tem a mesma finalidade daquele feito pelo público geral: avaliar o desempenho escolar e acadêmico ao fim do ensino médio.

O Departamento Penitenciário Nacional (Depen) e o Ministério da Educação (MEC) criaram essa modalidade do Enem; para “elevar a escolaridade e o acesso ao ensino superior de pessoas presas”; segundo o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). Mais de 197 mil pessoas presas e jovens sob medida socioeducativa participaram do exame entre 2011 e 2016.

De acordo com o Inep, o grau de dificuldade do Enem PPL é equivalente ao das provas regulares; que, na edição deste ano, ocorreram em 5 e 12 de novembro. A aplicação do exame também segue as mesmas orientações; com a exceção de que ocorrem nas salas de aula das unidades prisionais.

– A matrícula em faculdade para aqueles que estão em regime fechado dependerá da ajuda de familiares e amigos; além de autorização judicial e do diretor da unidade prisional – informou, em nota, o instituto.

sábado

9

dezembro 2017

0

COMENTÁRIOS

Para diminuir pena, Sérgio Cabral decide voltar à faculdade e vai prestar o Enem

Por , em Geral

cc5k4j4tvt8ltf42m7eax8479

O ex-governador do Rio de Janeiro Sérgio Cabral (PMDB) irá prestar o Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) na semana que vem. A autorização para realizar o exame veio do juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Criminal Federal, que permitiu que as audiências previstas para os próximos dias 12 e 13 – mesma data da prova – sejam adiadas.

O ex-governador do Rio de Janeiro Sérgio Cabral (PMDB) irá prestar o Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) na semana que vem. A autorização para realizar o exame veio do juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Criminal Federal, que permitiu que as audiências previstas para os próximos dias 12 e 13 – mesma data da prova – sejam adiadas.

“Adoro história, sempre gostei. Sou formado em jornalismo…. Quero me aprofundar nessa área”, afirmou Cabral. Para isso, o ex-governador decidiu fazer o Enem , que dá a possibilidade de cursar em uma universidade pública.

A ideia de entrar em uma universidade tem um estímulo que pode ajudar Cabral a sair mais cedo da cadeia. Isso porque a cada três dias em sala de aula, um é abatido da sentença. A mulher do ex-governador, Adriana Ancelmo , que também está na cadeia, decidiu seguir os passos do marido e afirmou que quer tentar cursar Ciências Sociais.

Junto de Cabral e Adriana, outros 31.765 presos também farão o exame na próxima semana , quando será aplicado o Enem para Pessoas Privadas de Liberdade e Jovens sob Medida Socieducativa (PPL). A prova será feita em 577 municípios, aplicada em 1.078 unidades prisionais.
Aprovação

Para garantir o curso superior no ano que vem, o casal prestou vestibular para o curso de teologia oferecido pelas Faculdades Batista do Paraná (Fabapar). O resultado foi divulgado nesta sexta-feira (8). O ex-secretário estadual Wilson Carlos Cordeiro Carvalho também faz parte da lista de aprovados no mesmo curso.

sábado

9

dezembro 2017

0

COMENTÁRIOS

Com 470 votos a 3, Geraldo Alckmin é eleito presidente nacional do PSDB

Por , em Política

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, foi eleito presidente nacional do PSDB neste sábado (9) durante a 14ª convenção nacional do partido, que aconteceu em Brasília, e teve início por volta das 9h da manhã. Ele foi eleito com 470 votos a favor, três contra e uma abstenção. O governador de Goiás, Marcos Perillo, será o primeiro vice-presidente da sigla.

670putshefzf1h22lg3ghlk39

sábado

9

dezembro 2017

0

COMENTÁRIOS

Defesa Civil de Minas confirma mais uma morte provocada pelas chuvas em Minas Gerais

Por , em Brasil

A Defesa Civil de Minas Gerais confirmou que o corpo encontrado ontem (8) no Rio Casca, na Zona da Mata mineira, é de uma das pessoas desaparecidas em decorrência das enchentes provocadas por temporais que atingiram a região nos últimos dias.

Segundo boletim divulgado hoje (9), a vítima encontrada é Eva de Jesus Juventina, de 67 anos. Ela foi arrastada pelo Rio Casca na última segunda (4), no município de Urucânia. O reconhecimento do corpo foi realizado pelo filho da vítima.

Com esta ocorrência, sobe para sete o número de mortes confirmadas provocadas pelas chuvas no estado. Uma das vítimas, encontrada sem vida após afogamento, ainda não foi identificada.

Até o momento, 10 municípios mineiros já decretaram situação de emergência por causa das chuvas: Buritizeiro, Cristina, Jaboticatubas, Tombos, Congonhas, Novo Cruzeiro, Ribeirão das Neves, Ponte Nova, Caeté e Capinópolis.

De acordo com a Defesa Civil, o sábado continua chuvoso no Sudeste do país e há previsão de chuvas fortes nas regiões norte e leste de Minas Gerais.

sábado

9

dezembro 2017

0

COMENTÁRIOS

Morre em São Paulo o estilista Ocimar Versolato

Por , em Brasil

Morreu na madrugada de hoje (9), na capital paulista, o estilista Ocimar Versolato. A informação foi confirmada pelo Hospital São Paulo, onde ele estava internado. A instituição não divulgou a causa da morte.

Ocimar Versolato é conhecido pelos trabalhos junto com o cantor Ney Matogrosso, de quem chegou a assinar a capa do disco Beijo Bandido, lançado em 2009. Também desenhou o figurino do filme Tieta (1996), de Caca Diegues.  O corpo do estilista está sendo velado em São Bernardo do Campo, na Grande São Paulo.

sábado

9

dezembro 2017

0

COMENTÁRIOS

PPS fecha questão a favor da reforma da Previdência

Por , em Política

O diretório nacional do PPS decidiu hoje (9), em Brasília, fechar questão a favor da reforma da Previdência, que tem como relator o deputado Arthur Maia, filiado ao partido. Quando isso ocorre, os parlamentares da legenda ficam obrigados a seguir a orientação do partido sob pena de punição. No entanto, como há divergências dentro do partido, especialmente na bancada na Câmara dos Deputados, é improvável que a sigla puna os desobedientes.

As divergências entre a direção do partido e parte da bancada na Câmara ficaram claras hoje (9), durante a reunião do diretório nacional, quando apenas dois deputados se colocaram a favor da mudança nas regras da aposentadoria e seis não compareceram ao encontro.

O presidente do partido, deputado Roberto Freire, ex-ministro da Cultura do governo Temer, disse que não pedirá aos deputados para seguirem a determinação da direção do partido e lamentou as divergências.

(mais…)

sábado

9

dezembro 2017

0

COMENTÁRIOS

Gilmar Mendes formaliza criação de força-tarefa anti-fake news para eleições 2018

Por , em Eleições

GILMAR-MENDES-STF-750x422

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Gilmar Mendes, formalizou a criação de uma força-tarefa na Corte que vai propor medidas para conter a disseminação de notícias falsas nas eleições de 2018.

Em portaria, Mendes instituiu o Conselho Consultivo sobre Internet e Eleições, que terá inicialmente dez membros, entre integrantes do TSE, da Agência Brasileira de Inteligência (Abin) e do Exército – mas sem gigantes da área de tecnologia, como Facebook e Google.

Entre as atribuições do conselho estão o desenvolvimento de pesquisas e estudos sobre as regras eleitorais e a influência da internet nas eleições, “em especial o risco de fake news e o uso de robôs na disseminação das informações” e a proposição de “ações e metas voltadas ao aperfeiçoamento das normas”.

A primeira reunião do grupo está marcada para segunda-feira. A criação da força-tarefa foi antecipada pelo jornal O Estado de S. Paulo em outubro deste ano.

O órgão deve discutir a criação de um manual para orientar os juízes eleitorais nas decisões que envolvam a retirada de conteúdo da internet. Empresas da área de tecnologia já alertaram o TSE de que determinações judiciais nesse sentido devem conter especificamente o endereço na rede (URL) do material que vai sair do ar, para garantir a remoção do conteúdo

Dos dez representantes do conselho, sete são ligados à Corte eleitoral e ao governo federal, entre eles o secretário-geral da presidência do TSE, Luciano Fuck, o general Jayme Octávio de Alexandre Queiroz, do Centro de Defesa Cibernética do Departamento de Ciência e Tecnologia do Exército Brasileiro, e o diretor adjunto da Abin, Frank Márcio de Oliveira.

O grupo reúne três nomes da sociedade civil: o diretor de Análise de Políticas Públicas da Fundação Getulio Vargas, Marco Aurélio Ruediger, o membro do Comitê Gestor da Internet no Brasil Maximiliano Salvadori Martinhão e o presidente da associação SaferNet Brasil, Thiago Tavares Nunes. Os conselheiros não serão remunerados e a composição do grupo poderá ser ampliada. “É importante que se tenha regras claras de governança para que o conselho não seja usado para restringir a liberdade de expressão”, disse a presidente do Instituto Palavra Aberta, Patrícia Blanco. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Estadão

sábado

9

dezembro 2017

0

COMENTÁRIOS

PSDB decide na próxima semana se fecha questão sobre reforma da Previdência

Por , em Política

O novo presidente nacional do PSDB e governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, eleito hoje (9) na convenção do partido, vai convocar uma reunião da Executiva Nacional e da bancada tucana na Câmara na próxima semana para definir o posicionamento do partido na votação da reforma da Previdência. Alckmin disse ser favorável ao fechamento de questão a favor da proposta do governo, mas adotou um tom cauteloso ao se referir à posição do partido.

“Pessoalmente, sou favorável à reforma da Previdência. Já a fiz, em 2011, em São Paulo. A minha posição pessoal é pelo fechamento de questão, mas essa não é uma decisão só da executiva do partido. É também da bancada. Acho que o caminho agora é o caminho do convencimento”, disse Alckmin, que foi escolhido novo presidente do PDSB por 470 votos a favor, três contrários e uma abstenção.

(mais…)